EDP

 Diagnóstico Cultural 

Projeto realizado em parceria com Max Nolan

Desafio

Fazer um diagnóstico cultural do grupo Agility para apoiar a implementação do novo modelo organizacional.

Etapas

1. Entrevistas individuais
2. Rodas de conversa em grupo
3. Constelações organizacionais
4. Observação do cotidiano
5. Imersão para diagnóstico participativo
6. Devolutiva
7. Desenho dos programas de desenvolvimento 

Imersão para diagnóstico participativo

Juntamos o grupo em um dia imersivo, no qual apresentamos conteúdo teórico sobre o contexto VUCA e os novos paradigmas organizacionais.

 

Praticamos exercícios sobre empatia, comunicação e diálogo, levando o time a chegar em conclusões sobre seus padrões de comportamento.

 

Facilitamos uma dinâmica sobre leis sistêmicas, mostrando que a autogestão proporciona o aparecimento de muitas outras hierarquias.

Ainda refletimos sobre o novo modelo organizacional Agility, seus pontos fortes e desafios, e terminamos o dia co-criando soluções que pudessem melhorar os protótipos.

 

Apresentamos o relatório com o diagnóstico final e recomendações com ações prioritárias para apoiar a implementação do modelo por todo o grupo.

Compreendendo o sistema

Começamos o projeto fazendo entrevistas individuais com líderes e influenciadores do time Agility (gestão, rh e instituto), em conjunto com constelação sistêmica com bonecos.

 

Em paralelo, montamos rodas de conversa com grupos, onde fizemos constelação sistémico corporal/presencial.

 

Além disso, passamos alguns dias imersos no escritório da EDP em SP, participando de reuniões e observando o time.