Liuv

 Design Organizacional 

Projeto realizado em parceria com Henry Goldsmid

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/2

Desafio

A LIUV é uma startup que ajuda estabelecimentos comerciais de alta rotatividade a melhorarem sua operação através de um aplicativo, qcom funcionalidades para o estabelecimento e para o cliente final.

 

A organização foi comprada pela maior empresa de meio de pagamento de Brasil, e surgiu a necessidade de se estruturarem melhor para receber um time de 40 pessoas nos próximos 4 meses.

 

Junto com meu parceiro Henry Goldsmid, conduzi o processo de diagnóstico cultural e a construção coletiva do propósito e das diretrizes de estratégia da organização.

Diagnóstico Organizacional

Através de entrevistas individuais e um questionário sobre o imaginário organizacional, tivemos um retrato das maiores dores e necessidades individuais e coletivas hoje. Com a liderança, ainda fizemos um mapeamento da cultura desejada, para entendemos a diferença que existe em relação à cultura atual e traçar planos que nos levem aonde se deseja.

Descoberta do propósito e desenho de diretrizes culturais e estratégicas

Refletimos sobre as nossas potências e como elas podem modificar a realidade dos nossos stakeholders, que também tiveram suas dores mapeadas. Com isso, chegamos em um propósito que fizesse sentido e inspirasse a todos.

 

Começamos a etapa de planejamento mapeando os aprendizados de 2020. O grupo desenhou a visão de futuro, que representa onde a LIUV quer chegar no período de 3 anos. Usando as OKRs, definimos os objetivos de 1 ano, assim como seus resultados-chave.

Papéis e círculos

Papéis e círculos Mapeamos os papéis com base na estrutura atual e transformamos as áreas em círculos: novos negócios, jornada do cliente, desenvolvimento e o círculo geral.

 

Nomeamos os líderes dos círculos e escolhemos os representantes que estariam nas reuniões de círculo geral.

Facilitação dos rituais organizacionais do círculo geral

Desenhamos e conduzimos uma série de reuniões operacionais e de governança do círculo geral. Usamos a ferramenta já utilizada na empresa para gerenciar as tensões e encaminhar os registros das reuniões. Selecionamos duas pessoas para conduzirem as últimas reuniões com o intuito de desenvolver facilitadores para dar continuidade ao processo de autonomia.